PAUTA UNIFICADA 2022 PROTOCOLADA!

image_pdfimage_print

Com inflação em ritmo de alta, Fórum das Seis solicita agendamento de reunião e cobra início dos trabalhos do GT salarial

Após uma rodada de assembleias de base, nas três universidades, as entidades que compõem o Fórum das Seis reuniram-se em 13/4 e fecharam a Pauta Unificada de Reivindicações da data-base 2022 (acesse neste link), que já foi encaminhada ao Conselho de Reitores (CRUESP) no mesmo dia.

A pauta seguiu acompanhada de um ofício aos reitores, que pede o agendamento de uma reunião para discussão das reivindicações deste ano e, também, cobra a data da primeira reunião do grupo de trabalho (GT), cuja reativação foi acordada entre as partes na negociação de 17/3/2022. “Naquela oportunidade” – enfatiza o ofício – “o CRUESP comprometeu-se a agendá-la para breve, tendo como objetivo listar os estudos e levantamentos que precisam ser feitos pelas universidades para subsidiar a construção de propostas para um plano de reposição das perdas históricas e para um plano de valorização dos níveis iniciais das carreiras”.

INFLAÇÃO ACELERADA

A inflação de março/2022 mostra que o dragão continua ativo! Puxado principalmente pelos preços dos combustíveis e dos alimentos, o índice medido pelo INPC ficou em 1,71%, enquanto o IPCA fechou em 1,62%.

Nesta toada, o reajuste de 20,67%, aplicado sobre os salários de 1º de março, em pouco tempo estará desidratado!

Card F6 Data base 2022 — PAUTA UNIFICADA 2022 PROTOCOLADA! — ADunicamp

A Pauta Unificada 2022 lembra que os 20,67% correspondem a uma parte da inflação medida entre maio/2012 e fevereiro/2022. De acordo com os indicadores do Dieese + INPC/IBGE, adotados pelo Fórum das Seis, a inflação de maio2012 a março/2022 somou 83,53%, ainda sem considerar os resultados de abril. Neste mesmo período, tivemos um reajuste de 53,27%.

Portanto, para fechar esse ciclo e retornar ao poder de compra que tínhamos em maio/2012, falta um reajuste de 19,74%. Com o índice de abril, tudo indica que esse número deve ultrapassar os 21%.

ARRECADAÇÃO EM ALTA

A arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias (ICMS), cota-parte do Estado, ficou em R$ 13,364 bilhões em março/2022, valor 20,61% superior a igual mês de 2021. Já o acumulado de janeiro a março de 2022 atingiu R$ 36,402 bilhões, 14,38% maior que o arrecadado no mesmo período de 2021.

Estes resultados atestam que o ICMS arrecadado está acima da previsão feita pela Secretaria da Fazenda do Estado (que estima um total de R$ 142,873 bilhões em 2022) e utilizada pelas reitorias nos orçamentos das três universidades. A estimativa do Fórum das Seis é que esta previsão, certamente, será superada.

À luz destes novos dados de arrecadação e inflação, o Fórum das Seis reafirma o pedido de reunião com o CRUESP, para discussão dos pontos da Pauta Unificada 2022. É preciso proteger o poder de compra dos servidores e das servidoras das universidades.

PAUTA 2022 TAMBÉM TRATA DE RETORNO SEGURO, CONDIÇÕES DE TRABALHO, PERMANÊNCIA ESTUDANTIL E OUTROS. CONFIRA A ÍNTEGRA

A Pauta 2022 conta com mais cinco itens, além dos salários, cada um detalhado em várias reivindicações: ‘Pelo retorno presencial seguro’, ‘Acesso e permanência estudantil/gratuidade ativa’, ‘Condições de trabalho e estudo’, ‘Hospitais Universitários (HU) e Centros de Saúde’ e ‘Centro Paula Souza’. Confira a íntegra anexa a este boletim.

Rolar para cima