ADunicamp se solidariza com greve dos trabalhadores da Prefeitura da USP – Campus Butantã

image_pdfimage_print

A ADunicamp vem a público se solidarizar com os trabalhadores da Prefeitura da USP em greve desde o último dia 29 de setembro contra mais uma medida arbitrária e que atesta a política de desmonte praticada pela reitoria da universidade: a transferência forçada de mais de 100 servidores – praticamente metade de todo o efetivo – para outros setores, sem que houvesse o debate necessário, além da construção de um muro que divide a unidade.
A ADunicamp repudia, ainda, qualquer ataque à legitimidade do movimento. A entidade aproveita a oportunidade para exortar a reitoria da USP no sentido de que o diálogo prevaleça e que não ocorra nenhuma punição aos grevistas.

Rolar para cima