Na ADunicamp: Guilherme Ribeiro lança Tempo, quarto CD do instrumentista

image_pdfimage_print

comboio
Guilherme Ribeiro se apresenta na ADunicamp no próximo dia 27/08(5ª feira), a partir das 20 horas
Tempo, esse é o título do quarto cd de carreira, terceiro lançado no Brasil, do pianista, tecladista, arranjador e compositor Guilherme Ribeiro. Nesse trabalho, Guilherme (piano e teclados) é acompanhado por músicos como Vinícius Gomes (guitarra e violão de aço), Daniel de Paula (bateria), Sidiel Vieira (contrabaixo acústico), Ricardo Braga (percussão), além de contar com a participação especial do saxofonista residente nos EUA Felipe Salles.
Com grande influência da música instrumental contemporânea, do pop, o compositor foi buscar inspiração nas métricas ímpares, forte característica de suas composições e nos dos timbres dos sintetizadores e pianos elétricos nascidos nos anos 60 tais como Mellotron, MiniMoog, Fender Rhodes, Wurlitzer além do piano acústico.
O cd é formado por composições de Guilherme como Pra Cada Coisa, o Seu Tempo, Evening Mist, O Agora, Despertar, Verônica, Desatino, Sim, Não, Talvez e inclui uma versão instrumental para Canto de Ossanha (Baden Powell e Vinicius de Moraes).
Sobre Guilherme Ribeiro
Conhecido no cenário musical como pianista, o músico Guilherme Ribeiro também tem se dedica ao acordeon em outros trabalhos, como no cd autoral Calmaria, lançado em 2010. Dois anos depois, Guilherme se dividiu entre o acordeon e o piano e ao lado do cantor Mateus Sartori, lançou o cd Que Se Deseja Rever, uma homenagem ao centenário de nascimento de Luiz Gonzaga. Em 2013, gravou na Itália ao lado do guitarrista Roberto Zechini, A Deep Surface. Em 2014, compôs e produziu o cd Urbano, do gaitista e parceiro Gabriel Grossi. No mesmo ano, o cd Calmaria é lançado na Europa.
Guilherme já tocou ou gravou com artistas como Paulo Moura, Raul e Souza, Mariana Aydar, Dominguinhos, Arnaldo Antunes, Lea Freire, Giana Viscardi, Sizão Machado, Bruna Caram, o grupo Teatro Mágico, Céu, Maurício Einhorn, Nenê e Gabriel Grossi, com quem também lançou em 2009, o disco Horizonte.
Sua discografia é composta por títulos como Dança da Estações – Ricardo Matsuda (2001), Caminho Novo – Nenê Trio (2002), De Viterbo – Rubinho Antunes (2005), Ary, O brasileiro – Grupo Bons Tempos (2005), Sambasó – Ramon Montagner (2006), Uncle Charles – Soundscape Big Band Jazz (2006), Quando o céu clarear – Fabiana Cozza (2007), Peixes, pássaros, pessoas – Mariana Aydar (2008), Vagarosa – Céu (2009) e Na Boca do Lobo – Vânia Bastos (2010), Grão do Corpo – Teatro Mágico (2014) e muitos outros.
Realizou turnês pelos EUA, Canadá, África do Sul e diversos países da Europa. No cinema, Guilherme Ribeiro gravou trilhas para os filmes A Teu Lado Leve, de Flávia Moraes, e Jogo Subterrâneo, de Roberto Gervitz.
Além de compositor e arranjador, Guilherme Ribeiro também atua como professor de piano e acordeon no Conservatório Souza Lima e EMESP – Tom Jobim, e nas matérias de Contraponto e Prática de Banda da Faculdade Souza Lima.
Assista: http://www.youtube.com/user/guiribeirovideo?ob=0
Conheça: www.guilhermeribeiro.com

Rolar para cima