Nota de Mário Saad

image_pdfimage_print

Apoio a campanha para revogar o título de Doutor Honoris Causa concedido a Jarbas Passarinho porque entendo que esse título não pode ser consequência de arranjos políticos de ocasião. Merecedores desse título além de mérito, virtude e relevantes serviços à sociedade devem ser também exemplos para futuras gerações. Apoiar ditadura e medidas de exceção, de maneira consciente e sem escrúpulos, é um péssimo exemplo não só para a academia, mas certamente para a humanidade

Mário Saad – Ex-Diretor da FCM (em duas gestões (1998-2002 e 2010-2014) e diretor “pro-tempore” da Faculdade de Ciências Aplicadas (2009-2010).

Rolar para cima