Resposta do prof. Sérgio Salles sobre título Passarinho

image_pdfimage_print

Resposta do prof. Sérgio Salles, então candidato à Reitoria à questão:

Na eventualidade de ser eleito Reitor da Unicamp como se posicionará sobre a proposta de revogação do título de Doutor Honoris Causa ao cel. Jarbas Passarinho que centenas de docentes e pesquisadores da Universidade pretendem, em breve, levar ao Consu?

Abaixo, (a) trechos da resposta Prof. Sérgio Salles e (b) a íntegra.

  1. (…)

A Unicamp tem uma tradição democrática que precisa ser mantida, precisa ser ampliada, e ela tem os canais para que este tipo de demanda, para que este tipo de ação, caminhe dentro da Universidade, com discussão ampla, com discussão democrática, e nós chegando à Reitoria da Unicamp daremos, sim, andamento a esse processo dentro das devidas câmaras da Universidade.

(…)

Acho sim que este título ele foi oferecido, ele foi dado, em 1973, dentro de outro contexto. O mundo passa por uma série de revisões de homenagens que foram feitas aí no passado, dessas revisões têm um procedimento, outras delas são mal acolhidas e algumas bem acolhidas. (…) Na minha gestão, na nossa gestão, terá o acolhimento, terá o encaminhamento dentro dos órgãos que são construídos exatamente para isso dentro da Universidade. (…)

Agradeço aqui muito a sua pergunta. Obrigado.

  1. Íntegra da resposta:

Muito obrigado pela pergunta, professor Caio. Já lhe respondendo assim de pronto: sim, pautaríamos. Sem sombra de dúvida. Esse processo, que já teve um evento no nosso Conselho Universitário, se não me engano em 2014, tendo não chegado a dois terços de votos por um voto, expressa ali, a grande maioria de nossa comunidade representada no Conselho Universitário que em 2014 queria isso. Eu não entendo por que é que a gente não conseguiu ali naquele momento. Houve dez abstenções. Bastava um voto e este problema, essa questão, estaria resolvida dentro da Universidade. Mas ela volta agora, acho que volta com força.

A Unicamp tem uma tradição democrática que precisa ser mantida, precisa ser ampliada, e ela tem os canais para que este tipo de demanda, para que este tipo de ação, caminhe dentro da Universidade, com discussão ampla, com discussão democrática, e nós chegando à Reitoria da Unicamp daremos, sim, andamento a esse processo dentro das devidas câmaras da Universidade. Eu não tenho a menor dúvida de que faremos isso. Essa perda que houve em 2014, não é, por um voto, é algo que precisaríamos estudar, explicar, por que aconteceu isso. Já poderia ter solucionado isso naquele momento.

Pessoalmente e aqui, se vocês me permitem, vou dar até a minha opinião pessoal. Acho, sim, que isso deve ser encaminhado na Unicamp. Acho sim que este título ele foi oferecido, ele foi dado, em 1973, dentro de outro contexto. O mundo passa por uma série de revisões de homenagens que foram feitas aí no passado, dessas revisões têm um procedimento, outras delas são mal acolhidas e algumas bem acolhidas. Eu acho que a Universidade, pela tradição democrática dela, ela deve sempre que necessário, em qualquer tipo, professor, de demanda semelhante dentro da Universidade.

Na minha gestão, na nossa gestão, terá o acolhimento, terá o encaminhamento dentro dos órgãos que são construídos exatamente para isso dentro da Universidade. Discutir essas situações, entender como elas estrategicamente influenciam a Universidade, entender como elas influenciam a sociedade aí fora, o nome da Unicamp, e o nosso papel como instituição que prega, que pratica a democracia tanto dentro dela quanto para fora, um exemplo que a gente tem que dar. Então não teríamos a menor dúvida em acolher este pedido e de encaminhar para as devidas instâncias da Universidade.

Agradeço aqui muito a sua pergunta. Obrigado.

Rolar para cima