Nota do Fórum das Seis sobre o 7º Congresso dos Trabalhadores da USP

image_pdfimage_print

Ao Prof. Dr. Vahan Agopyan
Reitor da Universidade de São Paulo – USP
 
O Fórum das Seis viu com extrema preocupação a decisão da Reitoria da USP que inviabilizou a realização do 7º Congresso dos Trabalhadores da USP, previsto para ocorrer entre os dias 22 e 25 de abril de 2019.
A Reitoria da USP procedeu mal ao remeter às Unidades da Universidade a decisão sobre a participação dos 271 delegados e delegadas eleitas ao Congresso. Os temas relativos ao direito constitucional de organização dos trabalhadores da Universidade têm de ser travados apenas entre dois atores: a Reitoria e o Sindicato dos Trabalhadores da USP – Sintusp. Deste modo, cabe à Reitoria reconhecer este direito aos trabalhadores, e não remeter a decisão aos administradores locais.
Com isso, parte dos delegados eleitos foi impedida de participar e à outra parte foi exigida a reposição de horas. Não se respeitou o processo livre de escolha de delegados, o que tornou impraticável a realização do Congresso. E isso justamente em um momento em que a própria liberdade de organização sindical se vê ameaçada por decisões autoritárias do governo federal.
O Fórum das Seis protesta contra a decisão e o modo açodado como foi tomada, às vésperas do Congresso.
A Coordenação do Fórum das Seis solicita que esta decisão seja revista e coloca-se à disposição para mediar o melhor entendimento entre as partes, se for necessário.
 
Campinas, 23 de abril de 2019.
 
Prof. Dr. Wagner de Melo Romão
P/ Coordenação do Fórum das Seis
 
Nota na versão em PDF

Rolar para cima