Especial 18 de Agosto: milhares ocupam as ruas e ADunicamp também vai a atos contra Reforma Administrativa

image_pdfimage_print

Milhares de servidores públicos municipais, estaduais e federais, apoiados/as por integrantes de outras categorias profissionais, ocuparam ruas e praças de 19 estados brasileiros e do Distrito Federal para protestar contra a Reforma Administrativa (PEC-32) proposta pelo Governo Federal e que tramita no Congresso Nacional.

Em conjunto com as demais entidades que integram o Fórum das Seis, a ADunicamp participou também do Ato/Plenária virtual, que chegou a ser acompanhado por quase 700 pessoas, de várias cidades brasileiras (assista no player abaixo).

Além de provocar um retrocesso sem precedentes em direitos trabalhistas do funcionalismo, a PEC-32 ameaça provocar um desmonte nos serviços públicos, inclusive em áreas essenciais como educação e saúde. Por isso, centrais sindicais, sindicatos e entidades da sociedade civil organizada convidaram toda a população a participar dos atos.

A ADunicamp, por decisão tomada na assembleia de docentes de 17 agosto, participou das manifestações em frente a Reitoria da Universidade, pela manhã, e no Largo do Rosário, na região central de Campinas, à tarde. 

Os atos da manhã, realizados em parceria com o STU, assim como o Ato/Plenária virtual, seguiram orientação do Fórum das Seis e incluíram também a questão da Data-base/2021, com o objetivo de pressionar o Cruesp a retomar as negociações que estão paralisadas desde julho. Assim, além de faixas, cartazes e palavras de protesto contra a PEC-32, ADunicamp e STU se manifestaram também pela volta imediata das negociações.

Inclusive porque, segundo a presidente da ADunicamp, professora Sílvia Gatti (IB), uma das reivindicações da pauta, a construção de um plano conjunto de retorno às aulas presenciais, exige decisões urgentes.

Em todos os atos nacionais ocorreram também manifestações pela volta imediata do auxílio emergencial de, pelo menos, R$ 600. O uso de máscaras e o respeito às medidas sanitárias para evitar contágios pela Covid-19 foram recomendados para a participação da comunidade nas manifestações.

1 comentário em “Especial 18 de Agosto: milhares ocupam as ruas e ADunicamp também vai a atos contra Reforma Administrativa”

  1. Parabéns a ADUnicamp e a todos os servidores que foram as ruas para defender os serviços públicos e contra essa reforma administrativa que é um processo de desmonte de tudo que conquistamos.
    A continuidade é necessária para barrar de vez essa reforma.
    João Batista, Joãozinho, executiva nacional da CUT

Comentários encerrados.

Rolar para cima