Observatório do Conhecimento retoma atividades

image_pdfimage_print

reuniao oco 18 02 2020 2 768x576 1 — Observatório do Conhecimento retoma atividades — ADunicamp
Reunião aconteceu na sede ADUNB, em Brasília

Os representantes das entidades que fazem parte do Observatório do Conhecimento estiveram em Brasília, nesta terça-feira (18), em reunião plenária, para planejar as atividades para 2020.
Além da AdUFRJ, estiveram presentes os presidentes da APUFSC (UFSC), APUB (UFBA), ADUNB (UNB), ADUNICAMP (Unicamp), ADUFEPE (UFPE), APUBH (UFMG) e ADUFSCAR (UFSCAR).
Um dos principais pontos em discussão foi sobre o trabalho de incidência política no Congresso Nacional e as mobilizações para a greve do dia 18 de março. Sobre o primeiro, ficou definido que as prioridades da agenda legislativa serão a defesa da autonomia universitária, a questão do orçamento e a PEC emergencial. Já sobre a greve, o Observatório, assim como fez em 2019, irá produzir conteúdos e materiais que contribuam com as mobilizações.
O Observatório teve, ainda, duas agendas na Câmara dos Deputados. Na primeira, houve reunião com o Grupo de Trabalho sobre Universidades, instituído pelo presidente Rodrigo Maia no ano passado.
Participaram do encontro o coordenador do GT, e ex-reitor da UFF, professor Roberto Salles, a relatora, e ex-reitora da UFAP, professora Eliane Superti e o vice-coordenador, e ex-reitor da UFCG, Thompson Mariz. Os membros do GT informaram que o relatório final dos trabalhos contará como uma de suas fontes, apontamentos produzidos pelo Observatório e que o texto será apresentado em 06 de abril. Na reunião foi distribuído o informe preparado pelo GT, sobre a situação orçamentária das universidades (baixe o documento aqui).
P 20200218 163814 768x384 1 — Observatório do Conhecimento retoma atividades — ADunicamp
GT sobre Universidades da Câmara dos Deputados recebeu representantes do Observatório

No segundo encontro, com o deputado João Campos (PSB/PE), membro da Comissão Externa da Câmara que acompanha o MEC, os representantes do Observatório apresentaram as prioridades da agenda legislativa, além das preocupações com os ataques que as universidades vem sendo vítima por parte do governo federal.
Fonte: Observatório do Conhecimento

Rolar para cima