A diretoria da ADunicamp se solidariza, e se coloca à disposição para o apoio que se fizer necessário, ao professor do COTUCA que foi violentamente agredido no dia 19 de setembro, em mensagem homofóbica e racista, colocada em sua caixa postal de correspondência institucional. Os autores da ação, ainda não identificados, além de agredirem o professor em sua dignidade pessoal, fizeram uma ameaça velada à sua segurança como docente em sala de aula.

Para a diretoria da ADunicamp, o caso é de extrema gravidade, está inserido na espiral de intolerância e violência que se registra hoje em segmentos da sociedade brasileira, e deve ser amplamente denunciado e apurado com rigor.

Assim, a diretoria da ADunicamp soma a sua voz às vozes da diretoria do Cotuca, da Reitoria da Unicamp e das entidades ligadas ao ensino que já se manifestaram oficialmente, repudiando as agressões.

Diretoria da ADunicamp

21 de setembro de 2018

COMPARTILHE