Divulgação realizada por solicitação do grupo de sindicalizados abaixo assinados. O conteúdo do texto não reflete necessariamente a posição oficial da ADunicamp, nem de qualquer outra instância da entidade (Assembleia Geral, Conselho de Representantes e Diretoria). Toda e qualquer responsabilidade por afirmações e juízos emitidos cabe unicamente aos autores(as) do texto.

O Departamento de Educação Física e Humanidades (DEFH) reunido no dia 03/10/2018, repudia manifestações misóginas, homofóbicas, racistas, machistas e de apologia ao ódio, que circula nas redes sociais de alguns membros da comunidade da Faculdade de Educação Física da Unicamp.

Por meio de muita luta estudantil e dos funcionários docentes e não docentes, a Universidade Estadual de Campinas consegue a afirmação de várias pautas sociais e engendra esforços para coibir atitudes que caminhem contrariamente a garantia dos direitos humanos, da dignidade da pessoa e do respeito à diversidade étnica, racial e religiosa. Afirmamos que atitudes como esta são inconcebíveis.

Diante de mais um ataque às conquistas sociais, nós do DEFH vimos por meio desta manifestar nosso repúdio a essas ações.

Ademir de Marco

Edivaldo Góis Junior

Elaine Prodócimo

Helena Altmann

Jocimar Daólio

Marco Antonio Coelho Bortoleto

Mário Luiz Ferrari Nunes

Odilon José Roble

Olívia Cristina Ferreira Ribeiro

Sérgio Settani Giglio

Sílvia Cristina Franco Amaral

 

Versão em PDF
COMPARTILHE