Professores/as da Associação de Docentes da Unicamp, reunidos/as em Assembleia no dia 16 de outubro de 2018, em momento grave da vida nacional, vêm a público manifestar-se em defesa das liberdades democráticas, dos direitos humanos, civis, políticos e sociais estabelecidos em nossa Carta Constitucional.

A candidatura de Jair Bolsonaro, em sua violência verbal e física, expressa a antítese dos avanços duramente conquistados pela sociedade brasileira ao longo dos últimos trinta anos. Ameaça a liberdade de pensamento e informação e a liberdade de cátedra. Tolhe a reflexão crítica sobre a sociedade. Criminaliza os “ativismos”. Atenta contra o meio ambiente. Fragiliza o estado de direito.

A alternativa que se coloca contra este retrocesso é a candidatura de Fernando Haddad e Manuela D’Ávila. Ela representa a frente democrática que se reúne pela permanência da democracia e pelo respeito à liberdade de pensamento e expressão. Em defesa da Universidade pública, plural, autônoma, laica e socialmente referenciada. Pela ciência compromissada em reduzir as desigualdades de nosso país. Mais ainda, esta candidatura representa a força da democracia e da construção de consensos sobre o autoritarismo, a intolerância, o ódio e o obscurantismo.

Estudantes, funcionários e docentes da Unicamp já vem se mobilizando pela defesa intransigente das liberdades democráticas, contra o discurso do ódio, o fascismo, a misoginia, o racismo, a xenofobia, a lgbttfobia e todas as outras formas de hierarquização e subalternização dos seres humanos que estão sendo difundidas pela candidatura de Bolsonaro.

Vamos juntos! Todo esforço é fundamental neste momento. A Assembleia da ADunicamp coloca-se ao lado da candidatura Fernando Haddad e Manuela D’Ávila. Apoiaremos e atuaremos em toda mobilização que fortaleça esta candidatura.

A ADunicamp permanecerá em luta intransigente em defesa dos direitos humanos e das liberdades democráticas, em defesa da Universidade pública e pela revogação das medidas que retiraram direitos dos trabalhadores nos últimos anos.

Em defesa dos Direitos Humanos e pela Democracia! Viva o Brasil!