“O perigo maior que nós estamos visualizando para a universidade pública brasileira, em especial para as estaduais de São Paulo, não é a privatização, é a “oessização”, ou seja, transformar as nossa universidades em OS (organização social). Isso, por incrível que possa parecer, é uma demanda de uma parte da nossa comunidade de pesquisa.”

Renato Peixoto Dagnino (IG – Unicamp)