O Conselho Universitário da Unicamp aceitou, na reunião desta terça-feira, 25, solicitação feita pela diretoria da ADunicamp e retirou da pauta as propostas de mudanças em artigo do Estatuto da Unicamp, referente a critérios de promoção para o nível de Professor Associado I.

O pedido de retirada de pauta da proposta havia sido aprovado pela Assembleia de Docentes, na segunda-feira, 24, sob o argumento de que as referidas mudanças não foram amplamente discutidas com as congregações das Unidades da universidade.

A Reitoria propõe uma alteração no Estatuto que inclui o seguinte texto: “A promoção para o nível de Professor Associado I somente poderá ser efetivada mediante a indicação da totalidade de recursos necessários para a alteração funcional correspondente pela Unidade de Ensino e Pesquisa de lotação do docente”. Na prática, de acordo com avaliação da diretoria da ADunicamp e discutida na assembleia de docentes, a medida pode dissociar o título de Livre-Docente da promoção na carreira.

A Assembleia deliberou pela retirada de pauta deste item, pois 1) ele fere a integridade da carreira docente na Universidade, prejudicando sobretudo docentes em início de carreira e 2) as congregações, que ditam os critérios de ascensão na carreira nas Unidades, devem ser ouvidas antes desta alteração.