A série Concertos ADunicamp apresentará, no próximo dia 19 de outubro (sexta-feira), o grupo Rafael Thomaz Septeto. O evento terá início a partir das 20 horas e a entrada é franca.

O septeto formado por quatro madeiras (Flauta, Clarinete, Oboé e Sax Tenor) mais trio de base (guitarra, baixo e bateria) executa arranjos e composições originais do guitarrista e violonista Rafael Thomaz. As obras têm um caráter híbrido entre a música brasileira, o jazz e a música erudita e exploram as variedades de timbres desta inusitada formação. No repertório, formado por arranjos e composições próprias, estão presentes diversos ritmos e gêneros e há amplo espaço para a improvisação. Os arranjos buscam explorar todas as possibilidades timbrísticas oferecidas pelos sete músicos: guitarra e violão; contrabaixo elétrico e acústico; bateria e percussão; flautas em dó e sol ; oboé; clarinete e clarone; saxofones alto, tenor e barítono.

O Rafael Thomaz Septeto surgiu através da vontade de pesquisar novas sonoridades dentro do jazz e da música brasileira e da influência de arranjadores e grupos de alcance internacional como Maria Schneider, Alan Ferber, Lucas Pino, Avishai Cohen, Sergio Assad, The Bad Plus e Oregon, os quais vêm atuando na atenuação das fronteiras entre os ambientes das músicas populares e eruditas, resultando em um produto artístico complexo e híbrido. Ao mesmo tempo em que busca referenciais externos, o septeto olha para a música popular brasileira, em especial o choro como terreno fértil para trabalhar, extrair material e referenciar sua produção. Tratando-se, portanto, de um projeto que visa amalgamar elementos e hibridizar conceitos a fim de ampliar horizontes musicais e estéticos a partir do uso de elementos já conhecidos.

SERVIÇO
Rafael Thomaz Septeto
rafaelthomaz.com
Data – 19/10 (sexta-feira)
Local – Auditório da ADunicamp
Horário – a partir das 20 horas
Entrada Franca