Um grande ataque foi desferido, na quarta-feira (08/04), sobre os trabalhadores quando a Câmara dos Deputados aprovou por 324 a 164 votos o Projeto de Lei (PL)4330/2004 que estende a terceirização para as atividades fins tanto no serviço público quanto no privado.

Neste dia, 15/04, as centrais sindicais estão chamando um dia de manifestação e paralisações nacional contra a aprovação do PL 4330, que ainda precisa ser votado no senado e passar pela sanção da presidente da República.

É preciso uma grande mobilização dos sindicatos e dos movimentos sociais para barrar esse projeto. Ele representa a completa desregulamentação da CLT, com ampliação ilimitada da terceirização nos setores públicos e privado.

Se aprovado, sua implementação significará a redução dos salários, aumento de jornadas de trabalho e a supressão de garantias profissionais.

Sua aprovação atende somente aos interesses empresariais e daqueles que querem enfraquecer o serviço público para em seguida os privatizar. A lógica é aumentar os lucros retirando direitos e conquistas históricas dos trabalhadores. Esse projeto ataca os trabalhadores e compromete o futuro da juventude.

Por isso, STU, DCE e ADunicamp serram fileiras contra a aprovação do projeto e convocam todos para participar do dia de luta e não permitir esse retrocesso.

 

Tags: , , , , , , , , ,