Mulheres organizam atos em Campinas e vão às ruas para celebrar o dia 8 de Março, Dia Internacional da Mulher. Movimentos sociais, sindicatos, partidos, grupos independentes e diversos setores convocam a população a participar de atos contra o machismo, pelo fim da violência contra a mulher e do feminicídio.

Na maioria dos atos e manifestações, também estão incluídas pautas históricas do movimento feminista e pautas das lutas recentes dos movimentos sociais no país, como a defesa da democracia, contra a reforma da Previdência e contra a retirada de direitos, entre outras.

Na manhã do sábado, 3, algumas ações já deram início às mobilizações que devem se estender por toda a semana. Centenas de mulheres ocuparam as ruas centrais de Campinas, no ato unificado “Pela vida das mulheres, democracia e soberania: Temer sai, fica aposentadoria”. A marcha saiu da Estação Cultura, às 9h, e seguiu até a Catedral Metropolitana de Campinas, com a participação de diversos movimentos, entidades e grupos ligados às lutas das mulheres, como a Marcha Mundial das Mulheres, UBM ( União Brasileira de Mulheres), Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), Advogad@s Independentes de Campinas, Grupo de Mulheres Pão e Rosas e Coletivo Casa de Cultura Tainã.

PALESTRAS

A OAB Campinas, por meio da Comissão da Mulher Advogada, realiza um Ciclo de Palestras dentro das comemorações do Mês da Mulher. As palestras são gratuitas, mediante a doação de um quilo de alimento não perecível ou uma lata de leite em pó (400g). As inscrições podem ser feitas pelo e-mail cursosepalestras@oabcampinas.org.br.

Confira a programação aqui: https://oabcampinas.org.br/ciclo-de-palestras-do-mes-da-mulher-comeca-dia-13/

DIA 8

Ocorrerá ainda em Campinas outro ato do Dia Internacional da Mulher, manifestação convocada pelo coletivo Nenhuma a Menos, no dia 8 de Março, a partir das 16h, na Praça José Bonifácio (em frente à Catedral), Cento – Campinas.

No dia 8 de março haverá em São Paulo o “Ato Unificado do 8 de Março de 2018: Pela vida das mulheres, democracia e soberania! Temer sai, fica aposentadoria!”, com concentração na Praça Oswaldo Cruz a partir das 16h.

Movimentos estão organizando a saída de Campinas para participar do ato em São Paulo, com concentração às 15h no Largo do Pará.