Uma nova data de mobilização está sendo preparada pelas centrais sindicais, desta vez em âmbito nacional. Trata-se do “Dia Nacional de Luta e Defesa dos Nossos Direitos”, em 10/11, véspera da entrada em vigor da Reforma Trabalhista, quando ocorrerão paralisações e mobilizações em todo o país. O objetivo é protestar contra a aplicação da Reforma Trabalhista – que acaba com direitos históricos e abre caminho para a terceirização generalizada –, bem como barrar a Reforma da Previdência e todos os ataques do governo Temer e do Congresso Nacional.

No estado de São Paulo, os eixos centrais das mobilizações são: reajuste salarial, realização de concurso público, retomada das carreiras, defesa do Iamspe e derrubada do PL 920/2017, o chamado “PL da maldade” que, no caso das universidades, pode significar uma diminuição ainda maior dos repasses financeiros provenientes dos 9,57% do ICMS a elas destinados atualmente.

Na capital paulista, estão sendo programadas várias atividades, entre elas uma manifestação  conjunta do funcionalismo em frente ao Palácio dos Bandeirantes, no dia 10/11. O ponto de encontro é em frente ao estádio do Morumbi, às 14h, de onde os participantes da manifestação sairão em passeata até o Palácio. A ADunicamp oferecerá transporte aos Docentes interessados, que deverão entrar em contato com o setor de apoio da entidade através do e-mail rose@adunicamp.org.br ou telefone (19) 3521.2472, até as 14 horas de quarta-feira (08/11) para reserva de vaga. 

Saiba mais sobre o dia 10 de novembro:

ANDES-SN
Boletim do Fórum das Seis
Jornal da FONASEFE
CSP-Conlutas